All posts tagged Rec Produtores

Animação da Carnaval Filmes e REC Produtores estreia na TV Brasil

A animação “Bia Desenha”, produção da Carnaval Filmes e REC Produtores, clientes da TGI, estreou em janeiro na TV Brasil, com transmissão nacional. A animação foi desenvolvida como um projeto a ser inscrito no edital do Fundo Setorial do Audiovisual, voltado para a produção de conteúdo para TVs públicas. O desenho, que tem como foco abordar valores como afeto e família, mostra o cotidiano dos primos Bia, de 5 anos, e Raul, de 6 anos, que moram na periferia de uma grande cidade e se encontram depois da escola para brincar, desenhar e viver grandes aventuras.

Criada pelos roteiristas Neco Tabosa e Karol Pacheco, e com arte desenvolvida por Raul Souza, a série surgiu como uma oportunidade para as produtoras alcançarem o público infantil. “Era a oportunidade ideal de conseguir financiamento para produzir a temporada de 13 episódios e, ao mesmo tempo, fazer com que ela chegasse até crianças de todo o Brasil que pudessem acessar o conteúdo em TV aberta oferecida de forma gratuita e distribuída em uma rede que envolve diversos canais”, conta Nara Aragão, sócia da Carnaval Filmes. Todo o conteúdo aprovado no edital é disponibilizado pela EBC – Empresa Brasileira de Comunicação para toda a Rede Brasileira de TVs Públicas, que envolve desde a TV Brasil até TVs universitárias e comunitárias.

Para a produtora, a estreia na TV é importante para fortificar o desenvolvimento de um nicho local de produção de animações. “É a nossa primeira série de animação infantil, área em que temos muito interesse, além de contribuir para o fortalecimento de uma cadeia produtiva local para a animação. Temos excelentes profissionais no mercado, que encontram poucas oportunidades para desenvolver seus talentos e ganhar experiência”, comemora.

Além de “Bia Desenha”, a Carnaval Filmes tem mais três projetos de animação em fase de desenvolvimento e captação de recursos: “Dó Ré Mi Fadas”, série musical para o público pré-escolar inspirado na dupla de artistas pernambucanas Fadas Magrinhas; “Próximo Passado”, série voltada para crianças e pré-adolescentes com idades entre 9 e 12 anos; e “Poemas de Bichos”, série com pequenos clipes musicados para crianças dos 3 aos 6 anos, adaptada dos poemas do livro homônimo do autor Germano Rabello e com ilustrações de Guilherme Lira.

0

Carnaval Filmes comemora seleção de dois filmes no Festival de Berlim

Duas produções da Carnaval Filmes, cliente TGI, foram selecionados para a mostra Panorama do Festival de Cinema de Berlim 2019, que acontece de 7 a 17 de fevereiro na capital alemã. O drama “Greta”, primeiro longa-metragem do diretor Armando Praça, e o documentário “Estou me guardando para quando o carnaval chegar”, do diretor Marcelo Gomes e realizado em coprodução com a REC Produtores Associados, também cliente da TGI, foram os escolhidos para participar do evento.

A seleção dos dois projetos cinematográficos foi uma grata surpresa para a produtora que, em 2016, também foi escolhida para participar do festival com o filme “Joaquim”, também de Marcelo Gomes. “O Festival de Berlim é um dos mais importantes do mundo. Por isso, neste ano, inscrevemos dois filmes que serão lançados em 2019 e tivemos a surpresa dos dois serem selecionados na mostra Panorama”, comemora Nara Aragão, sócia da Carnaval junto com o produtor João Júnior.

Para Nara, a presença dos filmes na mostra é importante para garantir visibilidade a uma produtora que está em seus primeiros anos. “Apesar de eu e João trabalharmos há muito tempo com cinema, a Carnaval é uma empresa que foi fundada há apenas dois anos, então essa seleção dos filmes pro festival é uma grande oportunidade para tornar a empresa mais conhecida, assim como o nosso trabalho”, pontua.

Fundada em 2016, a Carnaval Filmes atua na produção cinematográfica, de conteúdo televisivo e de outras áreas de criação artística, como música, teatro, fotografia e literatura. Este ano, a série de animação “Bia Desenha”, produzida pela empresa, estreou em diversas emissoras públicas do Brasil. No segundo semestre de 2018, a produtora também gravou dois longas que serão finalizados em 2019, “Fim de Festa”, do diretor Hilton Lacerda, e “Vestido Branco, Véu e Grinalda”, de Marcelo Gomes.

Sinopses:

“Greta” – Pedro, um enfermeiro homossexual de 70 anos, fã ardoroso de Greta Garbo, precisa liberar uma vaga no hospital em que trabalha para a travesti Daniela, sua única amiga. Para salvá-la, ele decide ajudar Jean, um paciente que foi hospitalizado e está algemado a um leito por ter cometido um crime. Pedro o esconde em sua própria casa até sua recuperação e, durante este período, eles se envolvem afetiva e sexualmente. Daniela recusa o tratamento no hospital por causa do preconceito quanto à sua identidade de gênero. Direção: Armando Praça. Coprodução com: Segredo Filmes / Moçambique Audiovisual.

“Estou me guardando para quando o carnaval chegar” – A cidade de Toritama é um microcosmo do capitalismo implacável. A cada ano, mais de 20 milhões de jeans são produzidos em fábricas de fundo de quintal.  Os locais trabalham sem parar, orgulhosos de serem os donos do seu próprio tempo. Durante o Carnaval – o único momento de lazer do ano -, eles transgridem a lógica da acumulação de bens, vendem seus pertences sem arrependimentos e fogem para as praias em busca de uma felicidade efêmera. Quando chega a Quarta-feira de Cinzas, um novo ciclo de trabalho começa. Direção: Marcelo Gomes. Coprodução com: REC Produtores Associados / Misti Filmes.

0

Filme da REC Produtores estreia em Portugal

O filme “Joaquim”, coprodução luso-brasileira assinada pela REC Produtores, cliente TGI, e pela Ukbar Filmes, fez sua estreia no circuito de cinema de Portugal. Realizado pelo pernambucano Marcelo Gomes, o longa reuniu um elenco de atores portugueses, brasileiros e africanos para contar a trajetória de Tiradentes.

O drama trata da formação política de Joaquim José da Silva Xavier, imortalizado como Tiradentes, protagonista e mártir popular da revolta que, no final do século XVIII, ficou conhecida como a Inconfidência Mineira. A trajetória de como um soldado colonial se transformou num herói revolucionário é mostrada no filme, que mistura ficção com fatos históricos.

Protagonizado pelo brasileiro Júlio Machado, “Joaquim” conta com vários atores portugueses no elenco, como Isabél Zuaa e Nuno Lopes, além do luso-guineense Welket Bungué. Exibido pela primeira vez durante a 67ª edição do Berlinale – Festival Internacional de Cinema de Berlim, em 2017, o filme foi selecionado para competir pelo Urso de Ouro, um dos mais importantes e prestigiados prêmios de cinema do mundo.

0

Rec Produtores lança filme “Joaquim”

A REC Produtores Associados, cliente TGI, lançou seu mais novo projeto. O filme “Joaquim”, dirigido por Marcelo Gomes e produzido em parceria com a portuguesa Ukbar Filmes e associação com a Wanda Filmes da Espanha, estreou em abril e foi o único filme brasileiro a entrar na competição oficial do Festival de Berlim 2017. O longa está na sua quarta semana de exibição no Cinema São Luiz, na Boa Vista.

O filme se passa em Diamantina – MG, no período do Brasil Colônia e conta a história de Joaquim, um militar de destaque na captura de contrabandistas de ouro. Ele espera que sua dedicação seja recompensada com uma patente de Tenente para que possa comprar a liberdade de Preta, por quem é apaixonado. Neste momento, Joaquim é designado para uma arriscada missão: encontrar novas minas de ouro no temido Sertão Proibido. Cumpri-la será a única forma de conseguir sua promoção e a liberdade de sua amada. No elenco, estão Julio Machado, Isabel Zuáa, Rômulo Matos, Nuno Lopes e o luso-guineano Welket Bungué.

Como próximo lançamento, Chico Ribeiro, sócio-fundador da REC, destaca o longa “Para Ter Aonde Ir”, de Jorane Castro, realizado em coprodução entre a REC Produtores e a Cabocla Filmes. Em seu currículo, a produtora tem longas premiados como “Cinema, Aspirinas e Urubus” (2005), de Marcelo Gomes, que participou da seleção oficial da Mostra Un Certain Regard do Festival de Cannes 2005, e recebeu mais de 50 prêmios no mundo todo, além das películas “Era uma vez eu, Verônica”, de Marcelo Gomes (2012), “Tatuagem”, de Hilton Lacerda (2013), e “O Homem das Multidões”, de Cao Guimarães e Marcelo Gomes (2014).

Fundada em 1998, a REC Produtores Associados nasceu a partir de ideais comuns entre um núcleo de produtores recifenses: realizar produções audiovisuais independentes pautadas na excelência técnica e artística para os públicos de cinema e TV. A produtora tem se destacado entre as mais criativas de audiovisual do Brasil, com diversificado núcleo de autores e diretores e presença constante nos principais festivais de cinema do mundo, como Cannes, Berlim, Veneza, San Sebastian, Toronto, Rio de Janeiro e São Paulo.

0