All posts in Notícias

Game Station firma parceria com a Perylampo

O Game Station, cliente TGI, lançou, no dia 28 de julho, sua parceria com a Perylampo, empresa especialista em decoração de festas infantis no Recife, com mais de dez anos de experiência no mercado. O evento de lançamento, realizado no GameBox do Shopping Riomar Recife, contou com show de Tio Bruninho, personagens infantis, oficina de pintura e esculturas de balão.

Com a parceria, a partir de agora as festas realizadas no espaço GameBox podem contar com a decoração assinada por Adriana e Mariana Perylo, sócias da Perylampo. São mais de trinta temas diferentes, que atenderão todos os tamanhos de festas, para meninos e meninas, com preços acessíveis.

“Unimos nossa estrutura de diversão, com brinquedos, recreadores com o poder de transformação dos cenários e a versatilidade da Perylampo”, pontua Paula Margolis, diretora da rede Game Station. Segundo as empresárias à frente da Perylampo, festas infantis marcam muito os primeiros anos das crianças e merecem ter todos os detalhes cuidados com muita atenção, para que fique tudo perfeito. “Unimos nossas habilidades em prol da criação de momentos únicos”, afirmam.

Os espaços GameBox, voltados para crianças de até oito anos, contam com mais de dez brinquedos integrados com atividades que estimulam a interatividade. Cada detalhe do GameBox foi pensado exclusivamente para a diversão e bem-estar dos pequenos participantes. A estrutura do parque traz o piso em EVA, mais macio, e brinquedos acolchoados, garantindo uma maior segurança na hora de brincar. E através de pulseiras com chip, as crianças podem ser monitoradas pelos responsáveis em tempo real, bastando baixar o aplicativo do espaço no smartphone.

Jump Station - O Game Station inaugurou, no Shopping RioMar Recife, o Jump Station, seu parque de cama elástica. O espaço traz, em mais de 130m², diversas opções e modalidades de diversão para todas as idades. O Jump Station conta com quatro atrações no total. São elas: Escalada, Piscina de Espumas, Basketball e Circuito Ninja. Todos os brinquedos foram desenvolvidos para que o público teste suas habilidades e supere seus limites, através de desafios que buscam desenvolver coordenação, equilíbrio e agilidade.

Para ter acesso ao parque, é obrigatório uso de meias antiderrapantes, que podem ser adquiridas no local, e assinatura de termo de responsabilidade. Crianças a partir de cinco anos já podem pular no Jump com a supervisão de um adulto. A permanência mínima no espaço é de 30 minutos e o valor a partir de R$ 18 por pessoa. O espaço também está disponível para a realização de festas de aniversário, seguindo a tradição do Game Station.

0

Francisco Cunha participa de oficina sobre mobilidade a pé

Representando o Movimento Olhe Pelo Recife – Cidadania a Pé, o consultor e sócio da TGI, Francisco Cunha, participou, em julho, no Impact Hub São Paulo, da Oficina Como Anda. O evento reuniu diversos representantes de movimentos e entidades defensoras dos pedestres e teve como objetivo desenhar e pactuar um plano de ação coletivo para fortalecer a mobilidade a pé.

Partindo das estratégias definidas em encontros prévios realizados pelo projeto – I) Fortalecer as organizações; II) Fortalecer a pauta; III) Articular a rede – a primeira parte da oficina contou com a apresentação de um histórico do projeto e de seus financiadores e foi finalizada com uma discussão sobre as conquistas e desafios da iniciativa, assim como seus próximos passos. Em um segundo momento, os participantes, presenciais e online, esboçaram um plano de ação para o avanço da mobilidade a pé no Brasil.

Sobre o Como Anda – Desde 2016, o Como Anda vem sendo desenvolvido por Cidade Ativa e Corrida Amiga através do apoio do iCS – Instituto Clima e Sociedade. O projeto tem como objetivo principal mapear organizações que atuam pela mobilidade a pé no Brasil e entender o cenário em que atuam. Atualmente, a iniciativa conta com mais de 170 organizações mapeadas país afora.

0

Trajeto Consultoria promove série de palestras sobre nova maturidade

A Trajeto Consultoria, cliente TGI, junto com a Unic e o Espaço Garimpo, está realizando o projeto “Nova maturidade: como se preparar para ela”, que tem o objetivo de fomentar a reflexão e o debate acerca das novas possibilidades no amadurecimento para a construção de um futuro mais ativo, saudável e com melhor qualidade de vida.

O projeto teve início no dia 28 de julho, na Unic Boa Viagem, e contou com três  palestras. A psicanalista Silvia Gusmão, sócia da Trajeto Consultoria, falou sobre o tema “Os 50 anos de hoje: uma nova visão da maturidade”. O educador físico e sócio da Unic, Gabriel Perrusi, abordou o tema “Movimento  é para todos: adquira saúde  pelo exercício”, e a nutricionista da Unic, Natália Cavalcanti, falou sobre  “Comendo bem com prazer”.

O próximo encontro do projeto acontece no dia 11 de agosto, na Unic Casa Forte, e contará com três palestras. A consultora e sócia da TGI e da Ágilis RH, Georgina Santos, dará dicas sobre organização das finanças pessoais. Sílvia Gusmão fará palestra sobre o tema “Faça o que gosta e encontre mercado para isso”, e fechando a programação, Germana Uchoa, idealizadora do Espaço Garimpo, plataforma de criatividade e inovação, falará sobre empreendedorismo criativo.

O encontro será aberto ao público e podem participar todos os interessados nos temas abordados, especialmente pessoas a partir de 45 anos. As vagas são limitadas. Informações pelo telefone (81) 3033.5499.

0

Hospital Dom Malan/IMIP realiza ensaio fotográfico para mães de prematuros

O Hospital Dom Malan/IMIP, cliente da TGI, que funciona em Petrolina (PE), proporcionou a um grupo de mães de bebês prematuros um ensaio fotográfico profissional. A ação foi pensada para que as novas mães pudessem registrar a experiência de ter seus filhos nos braços pela primeira vez.

A ideia do ensaio partiu da fotógrafa e coordenadora da Farmácia do Hospital Dom Malan, Denise Brecci. “Eu sempre tive vontade de fotografar no hospital, pois sou apaixonada por bebês. Participo de um grupo de fotógrafos do Vale e um dia falei sobre a minha vontade de fazer esse trabalho voluntário e perguntei se mais alguém toparia esse desafio comigo”, explica.

Duas colegas de Denise se juntaram ao projeto, a fotógrafa de newborn (ensaio com bebês recém-nascidos) Jessica Carla Fernandes e Tatiane Jatobá. A ação durou três horas e reuniu cerca de 15 mães. Outros profissionais do Hospital Dom Malam também se envolveram no ensaio, como enfermeiras, assistente social, fisioterapeuta e psicóloga.

Dom Malan – Inaugurado em 13 de setembro de 1931, o Hospital Dom Malan/IMIP integra a rede estadual de saúde de Pernambuco e passou grande parte da sua história servindo à população usuária do SUS no Submédio São Francisco como hospital geral. Desde 2010, quando foi incluído na gestão do IMIP, passou a cuidar exclusivamente da saúde da mulher e da criança.

 

0

Observatório do Recife formata seu Conselho Estratégico

O movimento Observatório do Recife (ODR), do qual a TGI é signatária, formatou, em julho, o seu Conselho Estratégico. Formado por 15 membros, o grupo reúne profissionais de diversos setores, como imobiliário, comunicação, design, mobilidade, comércio e pesquisa, que juntam suas expertises para debater e elaborar estratégias que mobilizem a população recifense a olhar mais pela cidade, tanto no sentido de observar quanto no de cuidar.

“A criação deste conselho parte da necessidade de reforçar o trabalho já feito pelo Observatório do Recife desde 2008. Por ser totalmente formado por voluntários, o movimento precisa estar bem estruturado para se manter vivo e firme na sua missão”, explica Cristina Queiroz, que coordena o Núcleo Executivo do ODR junto com Cármen Cardoso, sócia da TGI, e a gestora pública Mariana Lyra. “O desafio do Observatório é fazer chegar suas discussões e indicadores até a população e fazer com que os cidadãos participem do debate com o objetivo de tornar a cidade mais sustentável”, completa.

Fazem parte do grupo os consultores e sócios da TGI, Francisco Cunha, Ricardo de Almeida; André Cardoso, da HSBS; Bruno Queiroz, da Cartello; Fred Leal e Paulo Monteiro, da CDL Recife; Roberto Montezuma, do INCITI; Thiago Melo, da ADEMI; Gisela Abad, profissional da área de design; Rafael Dantas, da Revista Algomais; Suzana Simões Leal e Armando Vasconcelos representando o setor de educação; Maria Amélia Bezerra, da Itamaracá Transportes; e Célia Correia.

Até o momento, já foram feitas duas reuniões do Conselho, em que foram discutidos os principais tópicos do planejamento para 2019, com levantamento de ideias para o engajamento social, e redefinição do conjunto de indicadores divulgados pelo momento. “Os indicadores atuam como referências, apontando as metas e objetivos a serem alcançados. Assim como acontece na gestão das empresas, funcionam como um ‘norte’, estabelecendo parâmetros que ajudam no desenvolvimento, execução e avaliação das estratégias adotadas”, afirma Cristina Queiroz.

ODR – O Observatório do Recife, integrante da Rede por Cidades Justas Democráticas e Sustentáveis e da Rede Recife 500 anos, é um movimento da sociedade civil que reúne setores empresariais, acadêmicos, movimentos sociais e cidadãos, mobilizados com o intuito de selecionar, propor e monitorar um conjunto de indicadores e metas que se constituam numa agenda de desenvolvimento sustentável para o Recife e que levem a transformá-la numa cidade melhor para se viver, socialmente justa, ambientalmente equilibrada e economicamente viável.

0