Como aprender mais sobre empresas familiares

O tema “empresa familiar” é exigente e, quanto mais estudamos sobre ele e observamos a realidade das famílias empresárias, mais nos damos conta da complexidade dessas organizações e dos problemas que elas enfrentam. E é justamente por essa amplitude e peculiaridades que muitas famílias empresárias estão constantemente em busca de conhecimento e capacitações para que possam gerir melhor seus negócios e lidar com os desafios que lhes são impostos. Mas qual seria a melhor forma de estudar sobre empresas familiares?

É muito comum que as famílias empresárias procurem cursos, livros, artigos e cases sobre o tema visando conseguir uma orientação mais direta, uma resposta pronta para suas necessidades. E realmente existe muito conteúdo interessante para ser consumido por quem está em busca de soluções para seu negócio. Entretanto, a experiência mostra que muitas vezes a teoria contradiz a prática.

Só essas publicações mais genéricas não vão dar a visibilidade completa necessária para quem está buscando aperfeiçoar processos ou saídas para problemas antigos ou recorrentes, principalmente quando falamos de empresas familiares. Só quem vive no dia a dia sabe das forças e dores dessas organizações e têm realmente lugar de fala para ensinar sobre o tema.

Por isso, uma alternativa complementar muito recomendada pelos especialistas para reforçar a escolha de soluções adequadas é trocar informações com outras famílias empresárias e conhecer experiências que deram certo ou não na história das organizações. Hoje, é possível participar de eventos e encontros bem estruturados que promovem a discussão sobre empresas familiares, promovidos por empresas especializadas em governança em empresas familiares.

Essas empresas têm o papel principal de fazer a curadoria dos temas e provocar o debate, mas os verdadeiros protagonistas da troca de conhecimentos que acontecem nessas ocasiões devem ser, de fato, aqueles que integram as empresas familiares. Por isso, é condição sine qua non para que se extraia o máximo de conhecimento desses encontros que a família empresária desapegue da resistência em expor informações, fazer perguntas e reflexões em voz alta.

As empresas familiares precisam compreender que os ganhos da troca são maiores do que possíveis constrangimentos. Afinal, todas cometem erros em suas jornadas. Histórias de sucesso ou mesmo tentativas que não deram certo são ricas e cheias de referências que servem de inspiração e que podem ter papel essencial na construção de um futuro mais sustentável para o negócio e para as famílias.

Enviar para um amigo
0

ESCREVA SEU COMENTÁRIO