Sócio da TGI ministra palestra no evento Meetup Escobar & Mota

O consultor  e sócio da TGI, Fábio Menezes, foi um dos palestrantes do primeiro Meetup Escobar & Mota, realizado no dia 27 de março, no restaurante Douro In, no RioMar Shopping. O evento, promovido por Gustavo Escobar, Renata Escobar e Antônio Mota, sócios do escritório de advocacia Escobar & Mota, teve como objetivo debater os cenários econômicos do Brasil e de Pernambuco. O encontro também contou com palestra de Paulo Guimarães, sócio da Ceplan.

Em sua apresentação, Fábio Menezes afirmou que os recentes acontecimentos políticos do país interferem diretamente nas perspectivas econômicas. “Está havendo uma guerra de narrativas, pouco se ouve falar em oposição e o próprio governo tem criado seus problemas. E, desta forma, a flutuação econômica pode continuar. O mercado comprou a ideia de uma economia mais liberal com a equipe do governo Bolsonaro, mas até quando as expectativas se sustentam se os resultados não aparecerem? Para os investimentos chegarem, a política tem que deixar a economia avançar”, disse.

O consultor também reforçou que é preciso organizar a articulação política para que as reformas econômicas possam avançar. “Ou o governo planeja bem sua atuação política ou podemos enfrentar sérias dificuldades”, acrescentou. Porém, ele sugere manter a calma mesmo diante do cenário volátil e formular estratégias competentes. “Na atividade de consultoria, chegamos a sugerir para alguns clientes retardar um pouco a definição dos planos para 2019 até ter uma definição mais concreta da conjuntura. No entanto, estamos chegando ao fim do primeiro trimestre com um grau de incerteza considerável. Como não devemos ficar sem clareza do plano para este ano, a alternativa é planejar de olho nas alternativas de cenários possíveis, do mais otimista ao mais pessimista”, explicou.

Para ele, uma das saídas para as empresas para enfrentar o momento é apostar na inovação. “Esta é uma alternativa estratégica. A questão não é mais se vai haver uma ruptura na empresa, mas quando e de que forma. Por isso, é preciso enfrentar o desafio da inovação com determinação”, ressaltou. Porém, o consultor faz um alerta. “É importante desenvolver soluções inovadoras dentro das características da empresa. Normalmente não dá certo copiar o que os concorrentes estão fazendo na corrida pela inovação, é melhor ser original e construir valor de acordo com suas características próprias”, concluiu.

Enviar para um amigo
0

ESCREVA SEU COMENTÁRIO