Equipes não são autogerenciáveis

Não precisar se preocupar com o que seus liderados estão fazendo ou se o trabalho está sendo realizado no prazo e na conformidade é o grande desejo de vários gestores. Este anseio, no entanto, pode ser considerado como uma utopia, pois vai de encontro aos dois principais papeis do gestor: liderar e desenvolver pessoas.

Continue lendo: http://blogconexaoprofissional.com.br/blog/2018/10/25/equipes-nao-sao-autogerenciaveis/

Enviar para um amigo
0

ESCREVA SEU COMENTÁRIO