AGENDA 2018: MUNDO, BRASIL E PERNAMBUCO ALÉM DA CRISE

Após o período em que a economia sofreu bastante com a crise, o Brasil volta a caminhar em direção à estabilidade. Mas quais serão os desafios dos empresários para a retomada da economia? Esse é o momento de refletir sobre o futuro e o que fazer daqui pra frente no Brasil, como também em Pernambuco e no Recife.

Como se desenha esse futuro foi o que o consultor Francisco Cunha, diretor da TGI Consultoria em Gestão, apresentou na sua palestra realizada no dia 27 de novembro, no evento Agenda 2018, promovido pela TGI Consultoria e Revista Algomais, realizado no Teatro RioMar, Pina

Assista o resumo do evento Agenda 2018

 Confira os pontos principais da palestra de Francisco Cunha:

Mundo
A Era Donald Trump não decolou e, até o momento, os Estados Unidos mostram-se com um Governo inoperante e com um presidente caricato que parece brincar de governar.

Já a Europa afunda-se em contradições e crises sociais e políticas. Independência da Catalunha e separação da Espanha; imigração constante; e uma Rússia que “posa” com desempenho de esfinge.

A China, por sua vez, se prepara a passos largos para assumir a dianteira econômica e – por que não? – militar mundial, transformando Xi Jinping na sua maior liderança da história recente depois de Mao Tsé Tung. O país se firma cada vez mais como potência mundial. Só com o projeto da nova Rota da Seda, a China já atraiu mais de 50 países parceiros interessados em participar.

Assista sobre o Cenário Mundial: EUA, União Europeia e China

Assista sobre a Disrupção Digital


 Brasil

O País, depois de enfrentar a maior recessão da história documentada, agora se depara com o descolamento das crises econômica e política.  Na economia, já se verifica um crescimento positivo em 2017 e uma retomada de números mais positivos em 2018, inclusive com ares mais robustos devido ao ano eleitoral.

A economia começa a recuperação após o ciclo recessivo de dois anos.

Assista sobre o Cenário Econômico do Brasil


Mas, mesmo com um cenário mais positivo, há uma clara necessidade de ajuste fiscal no Governo Temer e, sobretudo, no próximo, o que, por si só, é um importante freio a um crescimento mais acentuado.

No ponto de vista político, 77% avaliam como ruim ou péssima a gestão (setembro/2017) do presidente Temer. A política afeta a recuperação econômica, mas não a interrompe. Enfim, do ponto de vista político, a incerteza perdurará no Brasil até a eleição, com o governo Temer aprofundando na sua “sarneyzação”.

Assista sobre o Cenário Político do Brasil


E então, o que esperar para o Brasil em 2018? Segundo o consultor Francisco Cunha, ainda não há respostas certas porque “a política complica-se de modo expressivo e aumentam-se as incertezas”.

“Mas, haverá uma retomada e as empresas devem estar preparadas. Deve-se manter, primeiramente, a cautela redobrada. Outro ponto é preparar os colaboradores para o novo ciclo de crescimento dos negócios. E, ainda, reforçar a escuta dos clientes”, reforça Francisco Cunha.

Ainda segundo o consultor, sem dúvidas, já no presente e, mais ainda, no futuro próximo a grande mudança está na chamada 4ª revolução: a disrupção digital. “Não tem mais como fugir, há uma digitalização da vida cotidiana e dos negócios”, afirma.

Assista sobre as Perspectivas para o Brasil em 2018


O evento contou ainda com a apresentação dos cases do Grupo Duca e da In Loco Media.
Assista o Case da In Loco Media

Assista o Case do Grupo Duca

Pernambuco
Depois de sofrer muito com a crise, Pernambuco deve retomar uma trajetória de recuperação, igual ou um pouco acima do País. Para o Estado, segundo Francisco Cunha, é fundamental, agora, olhar para frente e procurar se posicionar além da crise.

Assista sobre o Cenário Econômico de Pernambuco

Durante o evento, também foi lançada a pesquisa Empresas & Empresários 2018 – Pernambuco Além da Crise, realizada pela TGI e pelo INTG, e que visa mapear o modo como as empresas estão superando a crise, construindo condições para chegar ao futuro e contribuindo para o desenvolvimento do Estado.

Assista o lançamento da Pesquisa Empresas&Empresários 2018

Recife
Para Francisco Cunha, há no Recife uma necessidade real de engajamento do cidadão na construção de melhor qualidade de vida urbana no presente e na preparação para o futuro. Alguns exemplos desses engajamentos é o Movimento Olhe pelo Recife Cidadania a Pé, com destaque para as reuniões e para as caminhadas domingueiras mais recentes (1817, De Baobá a Baobá, Jardins de Burle Marx e Matas de Brennand); e o Grupo Casa Forte Mais Seguro com as caminhadas e o Bairro Legal. Além do Parque Capibaribe com seus avanços e destaque internacional. O projeto que foca na revitalização do Rio Capibaribe já foi “imitado” por grandes metrópoles como Nova York e Paris.

Assista sobre o projeto do Parque Capibaribe

Assista sobre o Recife Colaborativo

ACESSE A APRESENTAÇÃO EM SLIDES

ACESSE AS NOTÍCIAS SOBRE O EVENTO DA AGENDA 2018

ACESSE A GALERIA DE FOTOS

ASSISTA A PALESTRA COMPLETA

Enviar para um amigo

3 Comentários em "AGENDA 2018: MUNDO, BRASIL E PERNAMBUCO ALÉM DA CRISE"

  1. Eduardo Ferreira says:

    As avaliações políticas e econômicas da TGI são um indicativo para empresários, políticos, administradores públicos e privados e jornalistas.

  2. Eduardo Ferreira says:

    A Agenda TGI é um indicativo para empresários, políticos, administradores públicos e jornalistas.

  3. Hahylton Ferreira de Melo Filho says:

    Excelente exposição sobre o cenário internacional com riquezas de detalhes do que estamos vivendo atualmente. Parabéns !

ESCREVA SEU COMENTÁRIO