TGI recebe reunião do Conselho Estratégico da Algomais

A Revista Algomais reuniu, no último mês de julho, na TGI Consultoria, representantes de vários setores do mercado em nova reunião do Conselho Estratégico Algomais Pernambuco Desafiado. Na pauta, o projeto Empresas & Empresários e a palestra o Desempenho de Pernambuco em 2016 e Perspectivas para 2017 com apresentação realizada pelo consultor Écio Costa, da CEDES Consultoria e Planejamento.

O projeto Empresas & Empresários, realizado pela TGI e INTG com a participação do Conselho Estratégico Algomais Pernambuco Desafiado, vai analisar 15 setores, desde os mais tradicionais que se renovaram como moda e confecção e o sucroalcooleiro; até aqueles que passaram a integrar a economia pernambucana mais recentemente como o naval e offshore.

Durante a reunião os participantes fizeram uma análise da importância desses setores, sobretudo, em meio à recessão econômica que atravessa o País. Inclusive, o projeto E&E irá focar no impacto da crise; as medidas para superar a crise no Brasil e Pernambuco; e a superação no ambiente empresarial. E nesta edição, além, do resultado da sondagem, haverá uma homenagem às empresas que se destacaram com o Prêmio Quem Faz Algomais por Pernambuco. A pesquisa E&E é realizada desde 1990 com o intuito de desenvolver um trabalho de natureza investigativa e mobilizadora com o meio empresarial, produzindo uma análise crítica que fica a serviço da gestão estratégica para diversos segmentos econômicos.

Já na apresentação do consultor Écio Costa sobre o Desempenho de Pernambuco em 2016 e Perspectivas para 2017, foram apresentados os indicadores mais recentes divulgados pelo Governo do Estado sobre a economia. Entre os resultados, aparece que o setor de Serviços representa 78,8% da economia e 18,6% de indústria. Em relação ao panorama do comércio em 2016, houve queda de 9,6% e o emprego também sofreu déficit em setores importantes como Construção Civil (12,44%) e Serviços (18,57%). Já o setor de Agropecuária teve um crescimento representativo no primeiro trimestre (12,3%). E no geral, O Produto Interno Bruto de Pernambuco cresceu 1,4% no primeiro trimestre de 2017, na comparação com o mesmo período do ano passado.

Enviar para um amigo
0

ESCREVA SEU COMENTÁRIO