Errar é humano… e profissional!

Se errar é humano, como diz o ditado, errar, nesse sentido, também é profissional. Nas empresas, e em particular em reuniões gerenciais, é frequente uma caça aos culpados, ou seja, àqueles que erraram.

Mas esse foco no erro é uma tendência a ser evitada, pois o caminho deve ser a busca de soluções. Em empresas onde a cultura é de tratar o erro abertamente, sem medo dele e encarando-o como uma oportunidade de aprendizado, as coisas tendem a fluir muito melhor. Milagre? Coincidência? Não! Fluem melhor porque os profissionais têm o sentimento de amparo, compreensão e ajuda mútua.

Vale lembrar: Quanto mais transparência, tolerância, solidariedade e abertura para se abordarem os erros, mais as pessoas se educam e adquirem autoconfiança.

Enviar para um amigo
0

ESCREVA SEU COMENTÁRIO